Bancários do Mercantil fazem Dia de Luta nesta quarta, dia 8

Quarta-feira é dia de luta! Os bancários e bancárias do Banco Mercantil realizam neste dia 8 de julho o Dia Nacional de Lutas em protesto às demissões que ocorreram durante esta pandemia.

Por conta do isolamento social estão previstas manifestações e mobilizações virtuais com o uso de hashtags no Twitter.

 

Mesmo com o avanço do novo coronavírus no Brasil o banco dispensou cerca de 60 funcionários em todo o país. No Rio de Janeiro um funcionário foi dispensado e em Niterói onde a unidade se encontra fechada desde a pandemia, foram dois trabalhadores demitidos. O movimento sindical repudiou a prática do banco

Segundo avaliação do COE (Comissão de Organização dos Empregados) o número de desligados pode ser ainda maior, já que a divulgação desses números pela empresa não tem sido transparente.

Não tem justificativa

As demissões ocorreram com a transformação de várias agências bancárias em Postos Avançados de Atendimento, que possuem uma estrutura mais enxuta e não possuem retaguarda operacional. Muitos dos trabalhadores demitidos, por conta da ascensão profissional foram dispensados.

“Nada justifica estas dispensas. A situação financeira do Mercantil é muito boa e isso graças ao esforço e ao trabalho de seus funcionários. No ano passado os lucros quase dobraram em relação a 2018”, afirma a diretora do Sindicato do Rio, Marlene Miranda.
Segundo dados do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o Mercantil do Brasil registrou lucro líquido de R$ 121,4 milhões em 2019, alta de 127,3% na comparação com o ano anterior.

O crescimento dos resultados continua em 2020: nos primeiros três meses deste ano o banco registrou lucro líquido de R$ 46,9 milhões, com crescimento de 67,3% em doze meses e de 14% em relação ao 4º trimestre do ano passado, quando o lucro foi de R$ 41,1 milhões.
Em 2020, o Mercantil do Brasil encerrou o 1º trimestre de 2020 com 2.870 empregados, fechando 65 postos de trabalho no período. Criou quatro pontos de atendimento totalizando 236 unidades em março de 2020. A base de clientes também cresceu para aproximadamente 2,4 milhões ativos.

A mobilização dos bancários visa pressionar a direção do banco a rever sua posição e suspender o processo de demissões.

 

Hashtags que serão usadas no dia da manifestação 

#Mercantilsemcompromissocomvocê – *1* >> 11:00h

#MercantilsemcompromissocomoBrasil – *2*>> 11:20h

#Mercantilsemcompromissocomoemprego – *3*>> 11:40h

#Mercantilsemcompromissocomotrabalhador – *4* >> 12:00h

#Mercantilsemcompromissocomavida – *5* >> 12:20h

#Mercantilsemcompromissocomocliente – *6*>> 12:45h

#Mercantilsemcompromissocomapopulação – *7*>> 13:00h

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

loading