Administradora da rodovia Presidente Dutra, CCR garante salário de delatores por cinco anos

O Grupo CCR, que administra as rodovias Presidente Dutra, Bandeirantes, Anhanguera, parte do Rodoanel, a linha 4 do Metrô e muitas outras rodovias e negócios pelo Brasil, decidiu pagar durante 5 anos o salário de seus executivos que aceitarem virar delatores de crimes de corrupção cometidos pela empresa. Além disso, resolveu pagar os advogados dos delatores e a multas que a Justiça decretar para eles. Garante ainda que vai orientar os advogados a conseguirem acordos com o Ministério Público que reduza ao máximo as penas dos executivos que forem condenados. Se a moda pega muitos executivos de outras empresas vão pensar em ser delatores de crimes em troca de salário sem trabalhar e prisão domiciliar por um ou dois anos.

A CCR PRETENDE COMPRAR PARTE DA CONCESSÃO DO AEROPORTO DE GUARULHOS

 

A CCR, uma empresa que juntou duas grandes empreiteiras, a Camargo Corrêa e a Andrade Gutierrez, está preparando uma proposta para comprar parte das ações da Invepar, a empresa que tem a concessão do aeroporto de Guarulhos, a GRUAirport. Como daqui a dois anos vence o contrato de concessão da NovaDutra, a CCR que já administra o aeroporto de Confins em Belo Horizonte, pretende pegar este grande negócio do maior aeroporto do Brasil. O aeroporto de Guarulhos tem um movimento diário de mais de 100 mil passageiros e por ele transitam 43% de todas as importações e exportações feitas via aérea no Brasil.

 

Fonte: GRU 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading