Campanha Janeiro Branco alerta para conscientização sobre Saúde Mental

O ano é 2021, muito se fala em saúde mental e no quanto ela é importante para tocarmos a vida com qualidade e equilíbrio, mas o que é estar mentalmente saudável? De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) a saúde mental é representada por um estado de bem-estar no qual consigamos desempenhar nossas habilidades, lidar com os obstáculos e trabalharmos de maneira produtiva, sem que essa carga afete nossa vida pessoal e foi por este motivo que uma equipe de psicólogos fundou em 2014 a Campanha Janeiro Branco, para conscientizar sobre a importância da prevenção ao adoecimento mental.

 

 

Como é de conhecimento, bancários e bancárias já sofrem com questões de ansiedade e depressão e durante o enfrentamento de uma pandemia, onde o home-office, risco de demissão e a pressão por metas absurdas continua, não foi diferente. De acordo com a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal, a Fenae, quase 20% dos trabalhadores e trabalhadoras da CEF sofriam com depressão e ansiedade em pesquisa registrada no primeiro semestre de 2019 e 19,6% buscam acompanhamento regular com psicólogo ou psiquiatra.

 

 

Quando falamos de maneira geral, os dados sobre o Brasil também são desanimadores. Segundo a OMS, o país é o maior com número de pessoas ansiosas em todo o mundo, 9,3%, isso porquê há subnotificação dos casos. Se falarmos sobre depressão, 5,8% dos brasileiros e brasileiras foram diagnosticados com a doença. “O pior de tudo isso é que muitos podem ficar sem assistência, já que o governo federal anunciou que encerrará cem portarias sobre saúde mental e, consequentemente, pessoas com transtornos mentais não terão mais acesso ao serviço”, explicou Daniela Cucio, secretária de Saúde e diretora do Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região.

 

 

É importante frisar que o indivíduo mentalmente saudável compreende que a vida não é perfeita e que todos os seres humanos precisam respeitar seus limites, compreendendo também os sentimentos e como lidar com as mais diversas emoções, em resumo a saúde mental está relacionada à forma como os seres humanos reagem às exigências da vida.

 

Mas e quando toda a pressão (seja do trabalho ou na vida pessoal) desencadeiam uma série de vulnerabilidades como nervosismo, tensão, ansiedade, insônia, alcoolismo e uso indiscriminado de medicamentos? É preciso buscar ajuda profissional, já que a saúde mental afeta também o sistema imunológico podendo prejudicar a imunidade e as defesas do organismo. “Em tempo de pandemia esse tema ganha ainda mais significado, já que o isolamento e as cobranças podem desencadear muitos conflitos internos, é preciso estar atento”, pontuou Daniela.

 

Fique atento, saúde mental tem a ver com:

 

  • Estar bem consigo e com as pessoas que o rodeiam;
  • Saber lidar com suas emoções, mesmo as desagradáveis;
  • Reconhecer seus limites e buscar ajuda quando necessário;
  • Entender que obstáculos e desafios fazem parte da vida

 

Os 5 objetivos da Campanha Janeiro Branco

 

 

1 – Fazer do mês de Janeiro o marco temporal estratégico para que as pessoas e instituições sociais reflitam e efetivem ações em prol do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos e instituições;

 

2 – Chamar a atenção para os temas da Saúde Mental e da Saúde Emocional na vida das pessoas;

 

3 – Aproveitar a simbologia do início de todo ano para incentivar as pessoas a pensarem a respeito da sua vida e do quanto investem em sua Saúde Mental e Emocional e daqueles que estão ao seu redor;

 

4 – Chamar a atenção das mídias e das instituições sociais para a importância da promoção da Saúde Mental e Saúde Emocional dos indivíduos;

 

5 – Contribuir para a construção, fortalecimento e disseminação de uma “Cultura da Saúde Mental” que estimule a elaboração de políticas públicas em benefício da Saúde Mental dos indivíduos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading