Símbolo nazista da supremacia branca, Bolsonaro bebe leite durante live

Bolsonaro já não é capaz de fingir ser o que não é. Em live transmitida na última quinta, 29, o presidente chamou atenção ao tomar um copo de leite puro, dizendo que estaria cumprindo um desafio com ruralistas. Mas pesquisadores alertam, o gesto tem correlação com movimentos neonazistas, que adotam o leite como símbolo.

 

Em entrevista à revista Forum, Adriana Dias (doutora em antropologia social) afirma que a referência entre o episódio e o neonazismo é clara e que, apesar de negar, Bolsonaro usou de um jogo de cena para disfarçar suas reais intenções.

 

David Nemer, antropólogo que pesquisa o bolsonarismo, também se manifestou através de uma sequência de postagens nas redes sociais. Em uma delas afirma “O extremismo do bolsonarismo é tão tosco que eles se apropriam da Alt Right – extremistas brancos americanos -, mas com atraso. Esse movimento nasceu nos EUA em 2017”, explicou.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

loading