Sindicato inicia processo de consulta à categoria sobre prioridades para a Campanha Nacional

Começou nesta terça, dia 26, o processo de consulta à categoria sobre as prioridades dos bancários e bancárias de todo o país para a Campanha Nacional. É importante que todos os trabalhadores e trabalhadoras, mesmo que não sejam filiados ao Sindicato, participem da consulta e apontem quais serão as prioridades na mesa de negociações para este ano.

 

Pensando em abranger a participação e facilitar o acesso, o Comando Nacional dos Bancários disponibilizou um sistema de votação eletrônica pela internet, que estará disponível até o dia 03 de junho.  Para responder, basta acessar o link https://consultacn2022-bancarios.votabem.com.br/.

Minuta de reivindicações

 

 

As respostas da consulta serão compiladas e se somarão às resoluções das conferências estaduais e regionais, além daquelas definidas nos encontros nacionais específicos dos trabalhadores de bancos públicos e de bancos privados, para serem debatidas na Conferência Nacional dos Bancários, que será realizada nos dias 10 a 12 de junho e terá como principal tarefa a definição da pauta de reivindicações da categoria.

 

Logo após ser aprovada em assembleias a serem realizadas por sindicatos de bancários de todo o país, a minuta será entregue à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para dar início à Campanha Nacional. O objetivo é negociar a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria e os Acordos Coletivos de Trabalho (ACTs) específicos dos bancos públicos, uma vez que a vigência dos mesmos se encerra no dia 31 de agosto. A data-base da categoria é 1º de setembro.

 

Informações: Contraf/CUT

Um comentário em “Sindicato inicia processo de consulta à categoria sobre prioridades para a Campanha Nacional

  • 27 de abril de 2022 em 07:49
    Permalink

    Reajuste salarial digno a profissão pois os bancos estão lucrando mesmo diante de crise econômica, crise mundial bilhões a cada semestre. Não podemos ter um reajuste apenas de inflamação. Assim como o nosso ticket Alimentação mal da para se fazer a compra do mês, nosso ticket refeição também se aplica, ou seja, mal da para terminar o mês. Da mesma forma que somos cobrados de metas absurdas e também metas absurdas fora da grade do Gera,acredito que os bancos também devem ser cobrados da mesma forma para tal reajuste. Caso contrário, paramos de trabalhar. Acredito que se fizermos uma reivindicação a altura poderemos ter nosso pleito atendido. Itaú,Bradesco,Santander lucrando bilhões e agora até banco o Brasil e CEF estão lucrando enquanto nós funcionários sendo esfolados até o último. Vamos pra cima e mostrem do que a classe e capaz . Chega também de diferença salarial entre funcionários de mesmo cargo. Diferenças que somam mais de R$ 3 mil reais para funcionários 100% do conglomerado exercendo a mesma função e inexplicável mente com salários maiores.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading