Sindicato reintegra bancário do Itaú pela terceira vez em oito anos

Três vezes em oito anos, essa é a quantidade de demissões que o Itaú realizou contra um bancário após o funcionário apresentar sintomas de depressão. Após comprovação do estado de saúde, o Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região mais uma vez reverteu a dispensa e reintegrou o bancário ao quadro de funcionários da empresa, mas a princípio ficará afastado por 90 dias para dar continuidade ao tratamento.

 

 

Histórico– Luis Carlos de Assis foi demitido pela primeira vez em 2012 e já naquela ocasião buscou orientação no Sindicato, que conquistou a sua primeira reintegração após seis meses, por contradições nos laudos.

 

 

O acompanhamento para amenizar os sintomas da depressão foram iniciados em 2008 e está comprovado que o seu quadro teve início em consequência do desempenho de suas funções, o que ocasionou afastamentos durante esse intervalo entre os desligamentos.

 

No início de 2019, Luis Carlos foi demitido pelo Itaú pela segunda vez e, mais uma vez, buscou orientação no Sindicato que, em posse dos laudos médicos, entrou em contato com a instituição e conquistou a reintegração do bancário em menos de 15 dias.

 

Na terceira dispensa, em plena pandemia, o bancário foi demitido após apresentar os sintomas da depressão. “Ele está no Itaú há 29 anos, uma vida de dedicação ao banco e sempre que precisa do banco nos momentos mais difíceis, é demitido. Esse é um caso que nos deixa apreensivos, mas estamos felizes com mais um desfecho positivo para o funcionário”, contou Daniela Cucio, secretária de Saúde do Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região.

 

Conte com o Sindicato – OSindicato dos Bancários de Guarulhos e Região está a disposição dos bancários e bancárias de nossa base, inclusive para apoio jurídico e revisão dos cálculos rescisórios no caso de demissões.

É direito do trabalhador e da trabalhadora exigir o acompanhamento de um terceiro nesse processo ou solicitar um período de análise da documentação antes de assinar.

Para dúvidas e esclarecimentos, o Sindicato está de plantão através do telefone (11) 2440-7888.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading