Tema da próxima mesa com Fenaban foi alterado para Igualdade de Oportunidades

O tema da próxima rodada de negociação com a Fenaban, na quarta-feira 6, que seria “cláusulas sociais e segurança bancária”, foi alterado para “igualdade de oportunidades”.

 

A mudança se deu por conta dos últimos acontecimentos na Caixa – acusado de assédio sexual, o presidente do banco público, Pedro Guimarães, pediu demissão do cargo –, que tornaram ainda mais urgente o debate sobre igualdade de oportunidades nos bancos, tema este que inclui reivindicações dos trabalhadores no sentido de coibir o assédio sexual e a violência contra as mulheres nas agências e departamentos bancários.

“Entre outras reivindicações, vamos cobrar da Fenaban a melhoria nos canais de denúncia e proteção às bancárias vítimas de violência. Esse canal foi mais uma conquista pioneira da categoria bancária e foi assinado com a Fenaban em março de 2020. Vamos novamente insistir que os bancos invistam em palestras e outros eventos de formação de homens e mulheres bancários, no sentido de promover a cultura da não violência contra o gênero feminino, a cultura do respeito às diferenças.”

Ivone Silva, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários, que representa a categoria na mesa com a Fenaban

O processo de negociação com os bancos começou no dia 22 de junho e já ocorreram duas rodadas de negociação. A última foi no dia 27 de junho e debateu “emprego e terceirizações“.

 

Fonte: Seeb SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

loading