Centrais Sindicais definem 12 de julho como Dia Nacional contra a reforma da Previdência

Após milhares de trabalhadores cruzarem os braços e fazerem da Greve Geral de 14 de junho uma das mais bem-sucedidas da história, as Centrais Sindicais definiram o dia 12 de julho como Dia Nacional de Mobilização Contra a Reforma da Previdência. A concentração será em Brasília, onde os sindicalistas passarão o dia no Congresso Nacional para pressionar os parlamentares a votarem contra a Proposta de Emenda à Constituição 006/2019, com apoio em outras capitais do país.

Uma reunião que analisaria a PEC foi cancelada no dia 27, alterando o cronograma do projeto de Bolsonaro (PSL), que agora deve ser votado no segundo semestre deste ano. Desta forma, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e as Centrais terão mais tempo para dialogar com todos os partidos sobre os efeitos devastadores do projeto para os trabalhadores, trabalhadoras e, também, para a economia brasileira.

Outra maneira de pressionar os deputados e mostrar a força do povo é através das redes sociais e por e-mail. “O importante é se posicionar, o povo precisa cobrar seus deputados a votarem contra esse desmonte”, concluiu Luis Carlos dos Santos, presidente do Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região.

Contatos Deputados Federais com base em Guarulhos

CELSO RUSSOMANNO (PRB)

 Fone: 3215-5960 – Fax: 3215-2960

ep.celsorussomanno@camara.leg.br

ELI CORRÊA FILHO

Fone: 3215-5850 – Fax: 3215-2850

dep.elicorreafilho@camara.leg.br

A lista completa de deputados federais que atuam pelo Estado de São Paulo está no link https://bit.ly/2ZUTb68.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading