Luta contra a Reforma da Previdência marca atividades pelo Dia Internacional da Mulher

Os diretores e diretoras do Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região juntaram-se a outras entidades sindicais filiadas à Central Única dos Trabalhadores (CUT) no Dia Internacional da Mulher para lutar contra a Reforma da Previdência, proposta pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL).

 

A reforma apresentada pelo atual governo é ainda pior do que a anterior porque, se aprovada, obrigará a grande maioria das mulheres a trabalhar até os 62 anos para poder se aposentar depois de pelo menos 20 anos contribuição ao INSS.

 

Confira a galeria de fotos da manifestação, realizada na avenida Paulista no dia 8 de março.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading