Sindicato e Unifesp retomam parceria e lançam novo curso de extensão universitária

Após o sucesso do curso de extensão universitária “Democracia no Século XXI”, o Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região retomou a parceria com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Campus Pimentas e lançou um novo curso: “São Paulo no Século XXI: Sociedade, Economia e Meio Ambiente”.

 

As inscrições devem ser feitas no site da Unifesp e seguem até o dia 19 de março. As aulas começam já no dia 20 de março e seguem até o dia 29 de maio, sempre às terças-feiras, das 19h30 às 22h, no auditório da Universidade, no Pimentas.

 

INSCREVA-SE CLICANDO AQUI

 

INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO:

 

CURSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA – 2018

São Paulo no século 21: sociedade, economia e meio ambiente

 

Objetivos do curso: organizar uma ampla discussão sobre a cidadania no século 21 a partir da realidade paulista. Compreender as mudanças socioeconômicas e culturais dos últimos anos em São Paulo e seu impacto na democracia brasileira. Promover o conhecimento, a tolerância e a liberdade através do diálogo entre a comunidade acadêmica da UNIFESP, outras universidades e diferentes segmentos sociais. Estimular a promoção de ações para a defesa da democracia em São Paulo.

 

Local: auditório da UNIFESP/ Campus Guarulhos – Estrada do Caminho Velho 333, Pimentas.
Período: março, abril e maio de 2018 (terça-feira) Horário: 19h30-22h
Coordenadores do curso: Profa. Dra. Roberta Stangherlim e Prof. Dr. Janes Jorge (UNIFESP/Guarulhos).

 

Programa do curso

 

20/03 – Abertura com os coordenadores do curso e exposição sobre o tema São Paulo, forças políticas e sociais – palestrante: Prof. Dr. Fabio Cesar Venturini (UNIFESP/Osasco).
27/03 – A Educação em São Paulo – Prof. Ms. Eduardo Januário (USP-SP)
03/04 – Meio Ambiente e Lutas Sociais em São Paulo – palestrante: Prof.Dr. Décio Luis Semensatto Junior(UNIFESP/Diadema).
17/04 – São Paulo, forças políticas e sociais; A Educação em São Paulo; Meio Ambiente e Lutas Sociais em São Paulo – aprofundamento do debate com a turma e os coordenadores do curso.
08/05 – Os Direitos Humanos em São Paulo – palestrante: Profa. Dra. Francisca Rodrigues de Oliveira Pini (Instituto Paulo Freire)
15/05 – Economia e desenvolvimento em São Paulo – palestrante: Fabiana Campelo (DIEESE – SP).
22/05 – Os Direitos Humanos em São Paulo; Economia e desenvolvimento em São Paulo -aprofundamento do debate com a turma e os coordenadores do curso.
29/05 – Encerramento com os coordenadores do curso – profa. Roberta e Prof. Janes.
Mini-curriculum dos coordenadores e professores convidados

 

Roberta Stangherlim

 

Atualmente é docente no curso de Pedagogia da Unifesp – Guarulhos. Psicóloga pela UNESP de Bauru, possui mestrado em Educação pela UFSCar e doutorado em Educação pela PUC-SP. Foi professora pesquisadora no Mestrado Profissional em Gestão e Práticas Educacionais da Uninove (2011- 2016). Foi editora da Revista Dialogia (2012-2014). Atuou no período de 2007 a 2011 como gestora de projetos na área de Educação Cidadã do Instituto Paulo Freire. Desenvolve pesquisas com foco nas seguintes temáticas: Formação Inicial e Continuada de Educadores; Gestão e Práticas Pedagógicas na Educação Infantil e Educação em Direitos Humanos.

 

Janes Jorge

 

Professor do Departamento de História da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Realiza pesquisas na área de história ambiental. É autor do livro Tietê, o rio que a cidade perdeu e organizou o livro Cidades Paulistas: Estudos de História Ambiental Urbana. Integra o Conselho Consultivo da Associação Nacional de História, Seção São Paulo (2014-2016 e 2016-2018), e coordena o GT História Ambiental da ANPUH/SP (2014-2016 e 2016-2018). Atualmente, ocupa a Vice-Direção Acadêmica do Campus Guarulhos da Unifesp (2017-2021).

 

Fabio Cesar Venturini

 

Doutorado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2014), mestrado em História na mesma instituição (2008). Especialista em História, Sociedade e Cultura pela PUC-SP (2005) e em Psicopedagogia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002). Graduado em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu (1998). Atualmente é professor-adjunto em Formação Científica no Departamento Multidisciplinar da Escola Paulista de Política, Economia e Negócios da Universidade Federal de São Paulo (EPPEN/Unifesp), instituição onde também é pesquisador no Laboratório de Estudos Interdisciplinares de Análises da Sociedade (Leia). Áreas de atuação: História Contemporânea/Brasil e Contemporâneo; Economia Política; Estado, Democracia e Ciclos Ditatoriais; Teorias do Conhecimento, Cultura e Ideologia.

 

Eduardo Januário

 

Doutorando em História Econômica, FFLCH-USP. Mestre em História Econômica pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, FFLCH-USP; Especialista em História, Sociedade e Cultura pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP; Historiador. Foi Diretor de Escola pública durante o período de 2005-2009. Atualmente é pesquisador do Laboratório de Economia Política e História Econômica do Departamento de História da Universidade de São Paulo – LEPHE-USP, na área de Finanças Públicas, Políticas Pública e Relações Étnico-Raciais. Bolsista Capes.

 

Dr Décio LuisSemensatto Junior

 

Graduou-se em Ecologia (2001) e realizou doutorado-direto em Geociências e Meio Ambiente (2006), ambos na Universidade Estadual Paulista (UNESP), campus Rio Claro. Atualmente, é Professor Adjunto IV da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), campus Diadema. Foi assessor da chefia de gabinete da reitoria da UNIFESP entre 2014 e 2017. Representou os docentes adjuntos no Conselho Universitário (CONSU) da UNIFESP entre 2013 e 2015. Foi coordenador do Programa Interunidades de Pós-Graduação em Análise Ambiental Integrada, da UNIFESP, entre 2014 e 2016. Lidera o Grupo de Pesquisa em Planejamento e Processos em Meio Ambiente (UNIFESP/Diadema), cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq. Foi presidente da Associação Brasileira de Ecólogos (ABE) entre 2007 e 2009. Foi diretor do Departamento de Gestão e Segurança Ambiental, vinculado à Pró-Reitoria de Administração da UNIFESP, e presidiu a sua respectiva câmara técnica, entre 2013 e 2014. Foi diretor do Departamento de Comunicação Institucional da Unifesp entre 2015 e 2016. É membro associado da InternationalWaterAssociation (IWA). rabalhou entre 2006 e 2008 como Pesquisador Visitante do Programa de Formação de Recursos Humanos em Geologia e Ciências Ambientais para o Setor de Petróleo e Gás PRH-05 (Convênio MCT/FINEP/ANP/UNESP). Atuou também como consultor autônomo na área de recursos hídricos, participando de equipe multidisciplinares para elaboração de EIAs-RIMAs. Atua na área de Ciências Ambientais, de Ecologia de Comunidades, de Serviços Ecossistêmicos e de Micropaleontologia do Quaternário. Temas de principal interesse: qualidade da água, recursos hídricos, serviços ecossistêmicos, foraminíferos, tecamebas, ecologia de comunidades, manguezais, estuários, Micropaleontologia aplicada à resolução de problemas ambientais.

 

Francisca Rodrigues de Oliveira Pini

 

Possui graduação em Serviço Social pela Faculdade Paulista de Serviço Social (1990), mestrado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000) e doutorado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006). Atualmente é diretora Pedagógica do Instituto Paulo Freire. Integra a luta por direitos humanos de Crianças e Adolescentes. Atuou como coordenadora do Curso de Serviço Social na Faculdade de Mauá e foi professora de políticas sociais e movimentos sociais, na mesma Faculdade, no período de 2002 a 2012. Integrou a vice-presidência da Região Sul II (2011-2012), da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS). É sócia fundadora do Centro de Direitos Humanos e de Defesa dos Direitos da Criança, Adolescente e Juventude Paulo Freire (CEDHECA Paulo Freire). Filiada à Associação Nacional de Direitos Humanos – Pesquisa e Pós-Graduação (ANDHEP), tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase em Políticas Sociais, atuando principalmente nos seguintes temas: movimentos sociais, educação em direitos humanos, assistência social e planejamento participativo. Integrante do Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos, representando o Instituto Paulo Freire, desde 2016. Integrante da Coordenação Geral para a Elaboração do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos do Estado de São Paulo.

 

Fabiana Campelo

 

Graduada em Ciências Econômicas (com ênfase em economia rural) pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, desde 2001. Pós – graduada em Economia e Trabalho (20016) pela Escola de Ciências do Trabalho do DIEESE. Atua no DIEESE como economista desde 2001 elaborando estudos sobre questões relacionados ao mundo do trabalho e à economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *