Após pressão do Comando Nacional, Bradesco divulga medidas contra Coronavírus

Um dia depois do Comando Nacional dos Bancários reunir-se com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e cobrar medidas efetivas das instituições contra o Coronavírus, o Bradesco emitiu um comunicado para divulgar medidas efetivas para ajudar na contenção do avanço da epidemia. Funcionários considerados do grupo de risco para a contração do Covid-19 serão imediatamente afastados do trabalho das agências e dos departamentos.

 

 

 

Desde as 12h desta terça, dia 17, esses bancários e bancárias foram orientados a se isolar em casa, levando seu aparelho de celular corporativo para atender demandas no esquema home office. São pertencentes ao grupo de risco trabalhadores e trabalhadoras com mais de 60 anos de idade, transplantados, pessoas em tratamento contra o câncer, estagiários, portadores de doenças crônicas e jovens aprendizes. As mulheres grávidas foram inclusas a pedido do movimento sindical e também deverão ficar em quarentena.

 

Doenças crônicas – Os bancários e bancárias do Bradesco que são portadores de doenças crônicas devem se isolar em casa imediatamente e comunicar o banco sobre o afastamento através do Ligue Viva Bem, 0800-701-1212. “Ficamos felizes que o banco atendeu a algumas reivindicações e que irá colaborar para que a epidemia não avance no país, mas apesar de ajudar, sabemos que ainda são medidas insuficientes. Vamos pressionar para que haja redução de jornada, controle de acesso e para aqueles com filhos pequenos possam estar em casa para cuidar das crianças”, concluiu Luis Carlos dos Santos, presidente do Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

loading