Bancário e bancária do BB não incorporados após reestruturação da instituição devem procurar Sindicato

Após a Justiça determinar que o Banco do Brasil assegure a incorporação de função a centenas de bancários e bancárias atingidos pela reestruturação e que exerceram função por 10 anos ou mais, o BB descumpriu a sentença e deixou de incorporar vários funcionários e funcionárias, sob alegação de que a remuneração atual é maior que a média das gratificações de função para alguns, enquanto para outros não deu nenhuma justificativa. Os pagamentos deveriam ter sido creditados na folha de dezembro e o bancário que não recebeu seu crédito deve entrar em contato com o jurídico do Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região o mais rápido possível.

 

Bancários e bancárias que perderam o cargo ou foram realocados em cargo inferior em decorrência da reestruturação (que compreende período de novembro de 2016 a junho de 2017) e que têm mais de 10 anos seguidos de comissão ou gratificação, mesmo que de caixa, têm direito à incorporação de função. Para mais informações e esclarecimentos, entre em contato com o Seeb através do telefone 2440-7888 e solicitar o atendimento jurídico. É importante ter em mãos número de matrícula, se foi descomissionado ou realocado em cargo inferior, histórico funcional (SISBB), se tem mais de 10 anos de comissão, incluindo gratificação de Caixa, se está ou estava de licença saúde ou grávida no período da reestruturação.

A decisão da justiça trata-se de liminar e, portanto, possui caráter provisório.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading