Com lucro de R$5 bi no 1° semestre, Santander segue demitindo durante pandemia

Mesmo atravessando um momento de crise sanitária mundial, o banco Santander segue lucrando no Brasil, que concentra 32% do lucro mundial do banco espanhol, o que não tem impedido as demissões e fechamento de agências em terras brasileiras .

 

De acordo com o próprio Santander, o lucro líquido gerencial no primeiro semestre do ano foi de R$ 5,989 bilhões, mas os resultados não impediram os desligamentos. Apenas na base do Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região, foram registradas 16 demissões e o encerramento das atividades em quatro agências durante a pandemia.

 

Em todo o país foram fechados 2.564 postos de trabalho nos últimos 12 meses, sendo que 844 apenas no segundo trimestre, ou seja, durante o período de pandemia da Covid-19. Foram fechadas 93 agências em doze meses, sendo 50, entre março e junho de 2020.

 

.O retorno sobre o Patrimônio Líquido Médio Anualizado (ROE), ou seja, a rentabilidade do banco, ficou em 17,1%. Novamente, houve queda, de 4,2 p.p. em doze meses, apenas por conta da PDD. Excluindo o efeito da PDD adicional, a rentabilidade do banco ficaria em 22,1%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading