Justiça derruba liminar de vereadores do PT que proibia a concessão de parques públicos à iniciativa privada

A Justiça de São Paulo derrubou na última sexta-feira, dia 10, a liminar que suspendia a lei 4.685/17, de autoria do Executivo, que permite a concessão e permissão de serviços, obras e bens públicos no âmbito do Plano Municipal de Modernização Administrativa (PMMA). No final de outubro, a bancada de vereadores do PT havia conseguido liminar na justiça para barrar o loteamento dos parques e bens públicos da cidade.

 

Com aval da justiça, Guti dará continuidade ao projeto que prevê a exploração comercial e a atuação da iniciativa privada não só em parques, mas também na ciclofaixa, cemitérios, terminais de ônibus e até na Rodoviária de Guarulhos. Desta forma, investidores poderão abrir lojas dentro desses equipamentos e, possivelmente, até cobrar entrada da população para o acesso ao Bosque Maia.

 

Desde que assumiu a Prefeitura de Guarulhos, Guti (PSB) vem seguindo os passos de João Dória (PSDB-SP) e cumpre sua missão de passar toda a responsabilidade com a gestão da cidade para empresários. Primeiro, o prefeito terceirizou o atendimento no Hospital Municipal de Urgências (HMU), Hospital Municipal da Criança e do Adolescente (HMCA) e a Policlínica do Paraventi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *