Santander obriga bancários a cederem direitos de imagens e dados pessoais

O Santander não cansa de surpreender negativamente seus bancários e bancárias. Após retirar portas de segurança das agências e demitir durante a pandemia, a notícia da vez é que o banco espanhol adotou mais uma postura intransigente: informações que chegaram ao Sindicato dos Bancários de São Paulo dão conta de que o Santander enviou um contrato chamado de Termo Aditivo ao Contrato de Trabalho que, se assinado, dará total direito ao banco de coletar e armazenar imagens e dados pessoais, bem como compartilhar essas informações a terceiros no Brasil e também no exterior.

 

O documento foi enviado via Portal do RH e deverá ser assinado até o dia 14 de agosto.

 

Esta é uma postura antissindical, pois prejudica os trabalhadores e trabalhadoras e é uma atitude tomada sem negociação com o Sindicato, já que altera o contrato original.

O Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região se coloca a disposição dos bancários e bancárias que se sentirem inseguros com as medidas adotadas e que não assinem o documento.

 

O contato pode ser feito através do telefone 11- 2440-7888 ou através do whatsapp 97643-2611.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading