Diretor do Detran de Minas Gerais devolve carteira de habilitação após acumular 120 pontos

Quantas infrações de trânsito são necessárias para que haja acúmulo de 120 pontos na carteira de habilitação? César Augusto Monteiro Alves Júnior, diretor do Departamento de Trânsito de Minas Gerais precisou de 26 infrações para conquistar tal feito e entregou sua carteira de habilitação nesta segunda-feira, dia 8, após determinação do governo de Minas Gerais e pela Polícia Civil. Mesmo assim, Alves Júnior mantém seu cargo a frente do departamento.

 

O diretor foi nomeado em dezembro de 2017 e o recorde de números foram acumulados desde 2014, sendo a maioria das infrações cometidas por excesso de velocidade. Das 26 notificações, 24 foram registradas entre 7h e 17h.

 

Além da ironia em ser diretor de um Departamento de Trânsito, a curiosidade do caso fica por conta do processo administrativo que o delegado afirma ter aberto contra si próprio para apurar o acúmulo dos 120 pontos em sua carteira. Alves Junior também alega que não foi notificado sobre nenhuma multa aplicada no período.

 

Reincidente – Essa não é a primeira vez que o delegado tem a carteira suspensa. Em 2012, Alves Júnior perdeu a licença para dirigir por 60 dias após acumular 50 pontos em 11 infrações e foi obrigado a fazer um curso de reciclagem por conta das multas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

loading