Em sete anos, Sindicato reintegra bancário do Itaú pela 2ª vez

Pela segunda vez em sete anos, o Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região reintegrou um bancário do Itaú, desligado da instituição após apresentar sintomas de depressão. Com respaldo do Sindicato, já está reintegrado ao quadro de funcionários da instituição financeira.

 

Luis Carlos de Assis foi demitido pela primeira vez em 2012 e já naquela ocasião buscou orientação no Sindicato, que conquistou a sua primeira reintegração após seis meses, por contradições nos laudos. “Um dos laudos atestava que ele estava apto para o trabalho e que poderia ser demitido e o outro constava inapto, então nos empenhamos nesse processo por seis meses até conseguir comprovar que ele não estava apto e que não poderia ser demitido”, explicou Daniela Cucio, diretora do Sindicato.

 

O acompanhamento para amenizar os sintomas da depressão foram iniciados em 2008 e está comprovado que o seu quadro teve início em consequência do desempenho de suas funções, o que ocasionou afastamentos durante esse intervalo entre os desligamentos.

 

No início de 2019, Luis Carlos foi demitido pelo Itaú pela segunda vez e, mais uma vez, buscou orientação no Sindicato que, em posse dos laudos médicos, entrou em contato com a instituição e conquistou a reintegração do bancário em menos de 15 dias. “Ele é funcionário do banco desde 1991, são muitos anos de dedicação, ficamos muito satisfeitos com essa reintegração”, concluiu Daniela.

 

Homologação com participação do Sindicato – Apesar da lei 13.467/2017, que instituiu novas regras trabalhistas e dispensar a obrigatoriedade de homologar no Sindicato, os bancários e bancárias podem buscar orientação para que sejam feitos os cálculos rescisórios e devidas orientações.

Além disso, é direito do trabalhador e da trabalhadora exigir o acompanhamento de um terceiro nesse processo ou solicitar um período de análise da documentação antes de assinar. Se houver pressão para assinatura, o bancário e a bancária devem buscar orientação jurídica no Sindicato.

 

Um comentário em “Em sete anos, Sindicato reintegra bancário do Itaú pela 2ª vez

  • 6 de fevereiro de 2019 em 10:27
    Permalink

    Não tenho palavras para agradecer o empenho e dedicação do sindicato dos bancários de Guarulhos e região, pois não mediram esforços para fazer valer os direitos do meu esposo pois não e fácil estar doente e ser descartado depois de longos anos de dedicação, na 1 vez a dedicação da Silvana a atenção dela e seu esforço para fazer valer a justiça foi primordial, pois nosso direitos tinham sido barrados e nossos sonhos interrompidos.
    Agora mais uma vez, sem ter vontade de lutar mais a Daniela chamou o uma conversa e nos pediu para tentar novamente, sabendo que eram pessoas sérias confiamos primeiramente em Deus e depois na sua competência e dedicação.
    Parabéns a toda equipe do Sindicato e em especial Daniela que não mediu esforços para nós ajudar nesse novo processo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading