Zé Luiz vistoria Aterro Sanitário que deslizou no Cabuçu em dezembro

Três meses se passaram desde que um deslizamento aconteceu no aterro sanitário do Cabuçu, deixando toneladas de lixo domiciliar a mostra e colocando em risco a população que vive no bairro e na região. Na última quarta-feira, dia 3, o vereador Zé Luiz – representante dos bancários na Câmara – esteve no local fazendo uma vistoria e constatou que até o momento, a Prefeitura não deu nenhuma satisfação à população e tampouco tomou medidas efetivas para combater os transtornos (acúmulo de moscas, mau cheiro e etc).

 

Os técnicos da prefeitura e da CDR, empresa que administra o aterro, tentaram responder as perguntas feitas pelos presentes mas eles informaram que não tinham nenhuma informação sobre qualquer perícia no local e também que não sabiam da existência de relatórios sobre impactos no meio ambiente.

 

Posteriormente os vereadores foram convidados a irem até uma área próxima do deslizamento, onde alguns problemas foram constatados, o mais grave é que não há nenhuma proteção no solo na área onde o lixo desceu, o que pode ocasionar infiltrações de chorume no lençol freático e contaminar as nascentes próximas.

 

Zé Luiz avalia que está havendo uma falta de interesse da Prefeitura em buscar a causa do deslizamento e também não se preocuparam até o momento em saber o que isso poder acarretar na saúde da população uma vez que vários bairros estão reclamando do odor forte e da grande quantidade de moscas que começou a aparecer nas casas. “Vou fazer um pedido de esclarecimento a CETESB e conversar com as comissões da Câmara para realizarmos uma audiência pública com a presença da Prefeitura, CETESB, Ministério Público do Meio Ambiente e outros órgãos responsáveis”. Concluí Zé Luiz

 

Foto: Reprodução Rede Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading