Câmara chamará audiência Pública sobre aterro

Vereadores das comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano da Câmara Municipal de Guarulhos reuniram-se nesta terça (19) com cerca de 60 representantes da região do Cabuçu e de movimentos ambientalistas para discutir a situação do aterro do lixo que veio abaixo. Desde o desabamento no aterro do Cabuçu,  em 28 de dezembro, até hoje, não é mais depositado lá o lixo de Guarulhos. Ele é levado para o aterro da Capital, chamado de CDR, que fica também na região.

 

Será feita uma vistoria no aterro e serão convocados os secretários de Serviços Públicos e de Meio Ambiente. A empresa Proactiva, que estava contratada para cuidar do aterro que desabou, e que pode ser responsabilizada pelo acidente, continuou, mesmo depois do acidente, a receber da Prefeitura por seus serviços. No mês de janeiro, recebeu 1 milhão e 200 mil reais.

Fonte: Gru360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

loading