Janeiro é mês de luta em defesa de Lula

 

Dia 15 de janeiro está marcado um debate com juristas, o primeiro ato em defesa de Lula, de acordo com o calendário de lutas lançado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), em dezembro passado.

 

Além dele, atos e mobilizações que estão marcados para a semana do julgamento do ex-presidente no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), marcado para o dia 24 em Porto Alegre.

 

O TRF-4 marcou, em tempo recorde, o julgamento de Lula no “caso triplex” para o dia 24 de janeiro. Para isso, os juízes precisaram de apenas seis meses e doze dias após a condenação de Lula pelo juiz Sérgio Moro, cuja sentença foi considerada “fictícia, abusiva e absurda” por juristas de renome nacional e internacional devido à falta de provas.

 

A CUT e as Centrais Sindicais organizam uma série de atos em defesa de Lula, conforme calendário abaixo:

15/01 – Debate com juristas em defesa do Lula

21/01 – Ato em defesa de Lula, da democracia e por uma Justiça imparcial na Avenida Paulista;

22/01 – Debate com juristas sobre as contradições e falhas durante toda a investigação deste processo que indicam um julgamento político;

23/01 – Início de uma vigília que vai até o dia 24/01 em frente ao prédio da Justiça Federal, em São Paulo.

23/01 – No final da tarde, embarque dos dirigentes e militantes que irão de carros, ônibus ou avião para Porto Alegre.

23/01 – 11h00 – ato das mulheres em Porto Alegre

24/01 – Atos em todos os estados com todos que não puderam ir a Porto Alegre

24/01 – Acompanhamento do julgamento de Lula em frente ao prédio do TRF-4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading